VCC ONLINE

Fórum Técnico dedicado ao Aeromodelismo VCC - VÔO CIRCULAR CONTROLADO. Também conhecido como Control Line ou U-Control.

   Stunt Hobby - Loja especializada em produtos para VCC. www.stunthobby.com
   Allen Modelismo - Kits e materiais para VCC www.allenmodelismo.com
NautiCurso - Kits, corte a laser, balsa etc. www.nauticurso.com.br
CremonHobby - "Kits VCC Cortados a Laser e Acessórios": www.cremonhobby.com

    Motores Enya no Brasileiro

    Compartilhe
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Seg Nov 21 2011, 17:13


    Quando comecei falar em motores Enya em meados de 2007 muitos debocharam e riram, mas quem ri por ultimo ri melhor e agora em 2011 os motores Enya dominaram nas provas Promocionais do Brasileiro.

    Speed Promo: Enya SS25 AL Chro 1o (stock sem mexer!) e 2o Lugar

    Iniciante: Enya 1o, 6o, 7o, 11o Lugar

    Intermediaria: Enya 02o, 3o, 4o e 10o lugar

    Mini Fai: Enya 1o, 3o , 5o, 6o e 10o lugar

    Infelizmente quebrou o chapeado do meu SV-11 com Enya 61CX 2 semanas antes da prova e tive que tirar água de pedra do velho e pesado Tucano. Mas na FAI o Richard mostrou como um Enya com Pipa funciona tão bem ou melhor que um PA, impressionante como o SV-11/Enya 61CX com Hélice e Pipa by Osni "amarrava" a velocidade, nunca vi um modelo, nem com PA, ter controle tão absoluto da velocidade. Tá ai um pacote para ninguém colocar defeito, isso é o que todos querem e muito poucos conseguem.

    Obrigado Daniel e Gui, Verol e Felipe, André e João Leal da P.G, Sirley, Ricardo del Pozo, Jorge Azevedo, Richard, Patrick, Marlo, Anselmo, Beto Castrucci, Djefferson e os rapidinhos Osni e Saulo Dana por terem acreditado na performance do motor Enya nesse Brasileiro! (me desculpem se esqueci de alguém)

    Termino essa temporada de 2010/2011 sorrindo de orelha a orelha com os bons resultdos obtidos por voces todos que nos prestigiaram.

    Valeu!

    Martin
    avatar
    ANDRE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 247
    Idade : 51
    Data de inscrição : 03/04/2011

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  ANDRE em Seg Nov 21 2011, 19:59

    Boa Noite Martin,

    Acredito que em 2012 haverá uma guerra entre dois motores na Mini-Fai: STG51 X Enya.

    Na última etapa do Paulista fiquei impressionado com o SS 45 do Verol no Score.
    Não tinha idéia do que girava aquele motor. Acho que deve ser um dos 45 mais potentes do mercado.

    At.: André Costa.
    PPG - Pista da Praia Grande.
    avatar
    betocastrucci
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1040
    Idade : 53
    Data de inscrição : 01/11/2008

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  betocastrucci em Seg Nov 21 2011, 21:29

    Voei meu Playboy com um Enya 15 novo (em amaciamento), sofri nos treinos até finalmente acertar o bixinho no campeonato, aumentei óleo e nitro e pressurizei o tanque. Fiz 3 voos no Ibirapuera com o motor funcionando a plena sem falhar. Ainda tenho bastante a evoluir nesse modelo com mistura de combustível, venturi e hélices.
    Para 2012 espero estar voando o Pathfinder com o Enya SS40 que já está quase amaciado.
    avatar
    marioverol
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 471
    Idade : 50
    Data de inscrição : 21/02/2008

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  marioverol em Seg Nov 21 2011, 21:41

    Posso estar enganado, mas creio eu que esses motores não devem em nada aos ditos tops. Só não virou moda no mundo ainda. Vou usar ainda por muito tempo eles.
    abração,
    Verol
    avatar
    adriano
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 549
    Idade : 47
    Data de inscrição : 17/11/2009

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  adriano em Seg Nov 21 2011, 21:43

    acho que enya sera minha proxima aquisiçao,a minha preocupaçao e o combustivel pois aqui em Rondonia nao tem loja de modelismo e quando compramos pela net,o galão chega em torno de R$120,00,ai somos obrigado a usar caretão,terei que ver qual enya voa melhor com caretão pois não voo em competição so esportivo,abraços
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Seg Nov 21 2011, 22:37


    Adriano,

    Os mesmos problemas que podem ocorrer usando combustivel caretão em um Enya voce vai ter nas outras marcas de motor de mesma contrução. Por exemplo não existe nada de diferente mecanicamente entre um Enya SS50 e um ST G51, em ambos se usar caretão por um bom tempo uma hora o verniz vai acumular no motor e causar problemas, mas se tomar os devidos cuidados em usar um after run e não carregar demasiadamente o motor nehum dos motores vai dar problema usando caretão. Agora poe um ST 51 ou Enya SS50 num modelo de 2kg com uma helice 13x6 e não use after run, não vai demorar muito e o motor vai travar, idem para Stalker, Retro, OS e outros motores.

    O truque de usar caretão e não deixar o motor aquecer demais, assim vai levar mais tempo para verniz acumular ao ponto de causar problemas, e assim que fizer o ultimo voo coloque varias gotinhas de after run em quanto o motor estiver quente. Esse after run dentro do motor durante a semana vai quebrar o verniz que tenha acumulado evitando o acumulo. Essa dica apreendi com Alleoni, que só usa caretão.

    O Enya 09, 15V, 20S, SS25 SS30 e SS40 tem pistão de ferro e vai aceitar muito bem um caretão, desde que seja de boa qualidade. Pistão de ferro é mais tolerante ao verniz que os motores tipo ABC e com anel.

    Martin





    avatar
    adriano
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 549
    Idade : 47
    Data de inscrição : 17/11/2009

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  adriano em Seg Nov 21 2011, 22:40

    valeu Martin,obrigado pela dica,logo faremos negocio num enya,abraços
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Seg Nov 21 2011, 23:43

    Verol,

    Eu também acho que não deixam nada a desejar para os PA e Rojett. Em 2010 todos puderam ver que o Enya 61CX é mais forte e tão regular quanto os PA 65 com pipa. Participei em todas as provas com o maior e mais pesado modelos de todos, um Strega de 2.2kg e virando uma Tripa de PA 65 com Pipa, sem pipa esse PA não vira essa helice e muito menos puxa um Strega de 2.2kg com toda autoridade desse Enya. Nessa temporada de 2010 enfrentamos todos os tipos de condições climáticas, chuva no Ibira, ventos fortíssimos em Limeira e em BH, com calor e vento, o Enya nem deu bola para altitude de 1400m e variação climática. Nunca perdi manobra ou sofri por falta de motor como agente vê as vezes o pessoal com pipado perder Ampulheta ou 8 vertical em dias de ventos muito forte e calor.

    Você também deixou isso mais que provado com o Enya SS50 carregando um Score nos últimos 2 anos com uma regularidade impecável, seja no vento ou nas alturas de BH.

    OS e ST dominam no resto do mundo por causa de Marketing apenas. Só que aqui Eu não deixei por menos, trouxe a Enya para o Brasil, coloquei preços atraentes (onde um Enya é mais barato que um ST ou OS? só aqui no Brasil) e fiz o melhor que pude para mostrar na prática como esses motores são bons.

    MUITO OBRIGADO mesmo por ajudar a espalhar a semente desse fantástico motor chamado ENYA.

    Abraço,

    Martin
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Seg Nov 21 2011, 23:55

    betocastrucci escreveu:Voei meu Playboy com um Enya 15 novo (em amaciamento), sofri nos treinos até finalmente acertar o bixinho no campeonato, aumentei óleo e nitro e pressurizei o tanque. Fiz 3 voos no Ibirapuera com o motor funcionando a plena sem falhar. Ainda tenho bastante a evoluir nesse modelo com mistura de combustível, venturi e hélices.
    Para 2012 espero estar voando o Pathfinder com o Enya SS40 que já está quase amaciado.

    Valeu Beto,

    Pode sempre contar com meu apoio no que precisar para refinar o setup, tenho algumas helices e venturi que agente pode testar um dias desses na pista. Tenho a planta do Tiny, que espalhei para todos os cantos que seria perfeito para esse seu Enya 15, voa como um modelo grande de competição.

    Martin
    avatar
    Anselmo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 182
    Idade : 43
    Data de inscrição : 18/12/2009

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Anselmo em Ter Nov 22 2011, 11:46

    Martin

    Concordo com vc 100%, motores enyas são realmentre muito bons, fortes e confiáveis. Não esperava essa performance quando coloquei o ss40 no accentor, nunca me decepcionou, achei uma regulagem que achei boa para meu voo e nunca mais mexi na agulha (30 voos). Pois no meu pensamento pra vc começar a treinar as manobras, vc precisa esquecer que o avião tem um motor, e consegui isso com o enya, muito constante, sempre funcionando igual, com vento, com chuva, com calor, com frio..... Recomendo a todos......

    Um Abraço
    Anselmo
    avatar
    JORGE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 230
    Idade : 66
    Data de inscrição : 19/07/2010

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  JORGE em Qua Nov 23 2011, 07:52

    Olá Martin,
    Voce não precisa nos agradecer por termos usado motores Enya, nós é que temos que te agradecer por ter nos dado esta dica.
    Fiquei em 5 na Mini Fai fazendo todas as manobras depois dos loopings externos, exatamente contra o vento pois o vento mudou exatamente 180 gráus no meio da minha série. Completei todas as manobras inclusive o trevo graças ao potente Enya 40 XZ Pro. Qual outro motor 40 teria o mesmo desempenho ?
    Abraços,
    Jorge
    avatar
    Osni Renato
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 199
    Data de inscrição : 28/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Osni Renato em Seg Dez 05 2011, 22:59

    Ola Martin e Pessoal !

    Como sempre disse , o motor ENYA é exelente, mas nao podemos tirar a essencia de funcionamento na qual ele foi concebido, é um motor de giro mais alto que os convencionais, por isso o 61 com mufla roda uma helice tri-pa , e nunca vai virar como um ST60tao totalmente stunt, vc pode ate tirar um stunt do ENYA , mas com giro mais alto.

    O meu ENYA 25 foi preparado e so nao consegui fazer um voo mais rapido na speed promo pq os dois voos acabei pegando a helice na decolagem , senao virava mais , na bancada registrei 22600RPM o que é bastante para um motor sem rolamentos e combustivel caretao .

    O motor do Richard como o Martin disse usa pipa e helice minhas, aparentemente acertei o setup desse motor , mas nao vou passar pros gringos hehehehehehehehehehe

    Os motores de forma geral nao tem muito segredo, é so funciona-los de acordo com a sua caracteristica, nao adianta tentar inventar, eu ja tentei inventar com um WEBRA61 que é um exelente motor , mas para o VCC nao prestou, talvez por falta de experiencia minha na epoca, tentei tirar stunt de um motor de giro alto tal como é o ENYA .

    Grande abraço,Osni
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Ter Dez 06 2011, 02:25

    Osni,

    Acho que voce não percebeu, mas o Sirley e o Ricardo del Poso usam o Enya 61CX com helice 13x6 fazendo stunt na mesma faixa de rpm do ST60.

    Martin
    avatar
    Osni Renato
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 199
    Data de inscrição : 28/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Osni Renato em Ter Dez 06 2011, 10:47

    Fala MArtin !
    Sim vi , nao esta no mesmo giro do 60tao e nao é a essencia do ENYA, é como se vc forçasse o motor ao contrario.
    Vc mesmo concorda que a faixa de giro é maior que o ST, o ENYA é um motor exelente como ja disse antes, mas feito pra girar mais, inclusive é do jeito que eu gosto, particularmente nao sou fã dos super stunt, o meu PA faz stunt porem com giro mais alto, aquele stunt tipo FOX 35 e ST60 eu to fora hehehehehehehehehe, gosto é gosto.

    Grande abraço,Osni
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Ter Dez 06 2011, 12:58

    Osni,

    Sua teimosia e mania de me contradizer, nunca vai mudar kkkkkkkk

    Alem do Sirley e Ricardo, tem varias pessoas usando Enya com helice de passo 6 trabalhando na mesma faixa de rpm dos motores ST 60, pega um conta giro e vai la medir se não acredita. E nem tem por que duvidar, basta ver que eles estão voando na mesma velocidade, se estivessem trabalhando numa faixa de rpm bem mais alta estariam fazendo voltas a 4.0s usando a 13x6 (mesma helice que se usa no ST 60)

    Nessa faixa de rpm o motor não vai desenvolver a força e controle de velocidade que o motor oferece em alto giro, que é o que recomendo. Mas gosto é gosto e o legal dos motores Enya é isso, funciona em qualquer faixa de RPM, o cliente quem decide se quer usar helice de passo 3, 4, 5, 6.....

    Outra coisa, trabalhar o Enya em baixo giro não força em nada o motor, gente pode usar o motor assim sem medo que não força nada não!

    Martin


    avatar
    marioverol
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 471
    Idade : 50
    Data de inscrição : 21/02/2008

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  marioverol em Ter Dez 06 2011, 13:54

    Bom minha experiencia em fazer a linha SS funcionar em baixa rotação foi péssima. Só consegui gostar dos enyas quando desisti de fazer eles rodarem em 4-2-4. Mas....MAS já vi o poessoal fazendo o 61 rodar a 9,600 giros, como é o caso do Dudas no Rio, mas ele me disse que fez mudanças no motor, tais como, aumentar numero de juntas e diminuir o venture...Bom, ao meu entender, diminuir venture restringe combustível, consequentemente diminui potencia, Já as juntas não diminuem a potencia e sim traz o maximo torque do motor para RPMs mais baixas. Bom, como gostei tanto de voar em alto giro, nem quero mais saber de destunar motor para rodar como fox 35 e ST 60..
    Só sei dizer que meus enyas rodam a 11600 RPM e voltas de 5,4 seg..Chegando até os 12200 giros no 45SS, em dias de vento forte. Essa mdança de RPM não faz o motor ficar veloz. De 5,4 cai para 5,2 no máximo. Agora, como ele vem de fábrica, eu particularmente não consegui rodar eles em baixo giro.. Sempre me dei mal e quebrei 2 aviões por conta disso, Pois o motor simplesmente apagava em algum lugar das manobras. Umas eu consegui salvar, outras duas não.. Dai desisti e tentei fazer eles rodarem mais rápidos.. Sucesso total.. Nunca mais tive problemas.
    avatar
    Anselmo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 182
    Idade : 43
    Data de inscrição : 18/12/2009

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Anselmo em Ter Dez 06 2011, 15:11

    Verol

    Não sei se vc prestou atenção no funcionamento do meu ss40 no brasileiro, gostei muito do jeito que ficou, um 4x2x4 mais acelerado, com muita força nas manobras. Agora lentão, lentão não vai de jeito nenhum, e confirmo, ele apaga no meio da manobra, mas consegui salvar.

    Um Abraço
    Anselmo
    avatar
    Osni Renato
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 199
    Data de inscrição : 28/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Osni Renato em Ter Dez 06 2011, 17:04

    Eita nois !

    Concordo, gosto é gosto , eu detesto os 4T hahahahahahahahahahaha.

    Sim ta correto, o que quiz dizer nao é que força o motor ou estraga, é so que tem tanta potencia pra despejar que o stuntao quase é uma ofença oro ENYA hehehehehehehe.

    Grande abraço,Osni
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Ter Dez 06 2011, 18:13

    Verol e Anselmo,

    Estavam usando que combustível e vela quando motor apagou?

    Só posso imaginar que estavam usando uma vela que não é compativel com o combustível, ou saindo extremamente afogado ou pobre demais. IMPOSSIVEL que o Enya apague em baixa rotação por causa de seu design, se não não funcionaria em R/C.

    Quem quiser rodar o Enya com hélice de passo 6 e tiver algum problema é só me consultar que passo as dicas. Obviamente, assim não vai ter aquela força excepcional, provavelmente vai embalar no vento e não vai manter a velocidade tão bem, mas vai funcionar sem apagar e sem disparar.

    Rodei o Enya SS50 com varias hélices no Pathfinder, nunca tive problema de apagar funcionando em baixo giro. Alias quando completei a Gama pela primeira vez estava usando o Enya SS50 em baixo giro.

    Martin
    avatar
    marioverol
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 471
    Idade : 50
    Data de inscrição : 21/02/2008

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  marioverol em Ter Dez 06 2011, 19:05

    Sim Anselmo.. eu consigo esse stunt tb, basta abrir um pouco mais a agulha que ele "estunta", porém, como vc disse, em giro alto..No Rio de Janeiro consigo isso com mais facilidade ainda, nível do mar.
    Fala, Martin! Cara provavelmente estava usando Enya 3 e combustível Byron 10x20. mas teve uma vez que ele apagou com caretão, tenho certeza disso, mas esse não é o motivo, pois o Dudas do rio só usa caretão 4x1..Mas mesmo assim o motor dele dá uma tocida na saida dos quadrados, parece que vai apagar mas não apaga.
    Não entendi o lance de não funcionar em RC.
    Abração chapa,
    verol
    PS. Este assunto já não tem mais a menor importância para mim, pois, como disse, adoro voar em alto giro.. Se funciona em 4*2*4 bem ou não, não faz diferença, né?
    Abração
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Ter Dez 06 2011, 20:28

    Verol,

    Só queria entender exatamente em que condições o motor apagou, pois em condições normais não tem porque motor apagar no meio da manobra por usar uma helice de maior passo em menor giro, não faz sentido algum isso. Em R/C motor tem que funcionar de 2000 a 15000 rpms, se motor apagasse por que esta em baixa rotação a Enya iria falencia.

    Se seu motor apagou com Byron 10/20 com a Enya 3 só posso imaginar que estava rodando extremamente afogado ou extremamente pobre, desconheço outro motivo que possa fazer um motor apagar fora isso. Caretão ai é problema mesmo e uma longa história. Alias esses dias o Randy estava escrevendo no StuntHangar falando sobre os problemas de usar combustivel com 100% de Rícino em motores modernos com Anel ou ABC. Uma possibilidade no seu caso com caretão é do motor ter superaquecido e apagado.

    Quando o Raul voava com o Strega/Enya 61CX e uma Tripa 12.5x5.5 acontecia a mesma coisa que acontece com o Dudas, e o motor do Raul apagava quando usava a vela T.B, a Enya 3 era unica que não apagava. Porque? essa helice nem faz cossegas no Enya e para virar 5.0s a volta o Raul usava cabos de 22m e saia super hiper afogado, quando fazia manobra de canto o G acelera toda aquela carga execiva de combustivel em direçao vela fazendo com que a mesma esfrie rapidamente podendo apagar. Setup mal dimensionado, pouca helice e venturi muito aberto.

    Pelo Amor de Deus, continue fazendo como acha que tem ser feito. Só não quero que os leitores acabem achando que motor Enya só roda em alta RPM, porque isso não é verdade e tem pessoas felizes usando Enya com helices de passo 5 e 6.

    Martin
    avatar
    Anselmo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 182
    Idade : 43
    Data de inscrição : 18/12/2009

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Anselmo em Qua Dez 07 2011, 08:26

    Martin

    Não estou falando mal do enya não, é o melhor motor que eu tenho, o meu sempre usei caretão 4x1, no dia que apagou usava helice 11x5 e vela OS3, acho que apagou por estar muito pobre mesmo a mistura, agora que achei a melhor maneira de voar com ele, num largo mais, de jeito nenhum.
    Mas ainda acho que mesmo com helice 11x4 que esta usando agora ele está rápido, estou usando cabo 18,5mts fazendo 4,9s a volta, aumentando o cabo para 19mts melhoraria a questão do tempo de volta? continuaria com força?



    Um Abraço
    Anselmo
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 762
    Idade : 57
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  martin em Qua Dez 07 2011, 10:28



    Anselmo,

    voce só falou bem do motor Smile 19m é uma boa medida, é o que uso no Pathfinder, fazendo isso vai deixar as voltas mais lentas e tera mais espaço para manobrar sem perder força.

    Parece que voce esta tendo que voar muito afogado ou é o contrario ? O que acontece se voce abrir agulha e voar um pouco mais afogado?

    Do ponto que voce solta, quanto mais da para virar agulha para atinger pico de RPM ?

    Recomendo que experimente outras velas com combustivel caretão, duas me vem na cabeça a FOX com barra e Enya 3. Não gosto da OS A3, ela tem um filamento muito fino e não dura muito.

    Quais helices voce experimentou. Peço que teste uma APC 10.5x4.5.


    Sugiro que logo apos fizer o seu ultimo voo do dia colocar 10 gotinhas de after run em quanto o motor ainda esta quente. Combustivel feito somente com oleo de ricino cria um verniz entre o pistão e a camisa e esse verniz vai acumulando e aumentando, isso não é bom para motores novos, com uso prolongado esse verniz acaba criando um atrito exessivo causando superaquecimento e perda de potencia. O after run agindo no motor durante a semana ajuda a dissolver parte do verniz acumulado.

    A formula de After Run que o Alloni usa é meio meio de querosene e oleo de direção hidraulica, tem funcionado bem para ele que só usa caretão.

    Martin
    avatar
    Marcus36X
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 3341
    Idade : 45
    Comentários : Attitude is everything!!!
    Data de inscrição : 09/01/2012

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Marcus36X em Qua Jan 11 2012, 09:27

    Bom, acho que entrei pro clube dos Enya...
    Por indicação do Martin, vamos de .40XZ-S PRO em um Pathfinder.
    Opiniões de set-up serão bem vindas!!
    avatar
    JORGE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 230
    Idade : 66
    Data de inscrição : 19/07/2010

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  JORGE em Qua Jan 11 2012, 18:45

    Martin, Anselmo e Verol,
    As poucas vezes que o meu Enya apagou foi por causa de sugeira na linha de alimentação. KKKKKKKKKkkkkkkkkk
    Marcus 36X,
    Set up para Pathifinder / Enya 40 XZ após amaciamento:
    Vela Enya 3
    Venturi - Primeiro experimenta o que vem no motor que é o de 7mm se não ficar perfeito troca para o 7.5mm.
    Spinner de alumínio (ajuda na refrigeração)
    Hélice APC 11 X 4 (se colocar venturi 7.5mm roda bem até APC 12,5 x 3,75 )
    Combustível Byron 20/20 diluido ao meio com 3:1 álcool metílico/ óleo de rícino
    Sair em torno de 10 000 rpm.
    Cabo aço trançado 0.15 ou de spectra 60 libas de 19 metros CC (centro a centro)
    Manete afastamento 4 polegadas (considerando ter usado balancim de 4 )
    Tanque uniflow, de 3 oz e no máximo 4 oz , tanto faz pressurizado ou não. Sem pressurização a agulha fica menos sensível, o que é bom. Estou fazendo a FAI com 80 ml de combustível.
    Estou gostando muito do efeito do muffler especial da Enya, que é um muffler mais comprido. Estou com ele conseguindo voar muito bem no vento forte sem embalar (ele parece governar a rotação do motor mantendo não deixando ele disparar).
    Atenção quando montar o tanque na fuzelagem, depois vou postar uma foto para voce ver.
    Colar o leme reto.Fazer filete para aumentar a área de colagem da asa na fuzelagem.
    Se possível tomar providências para a fugelagem não torcer junto ao profundor para o profundor não ficar vibrando muito.
    Fazer trem de pouso na asa e bequilha traseira ou se decidir manter triciclo, providenciar reforço da bequilha dianteira.
    Se quiser assistir um iniciante fazedo a "gama FAI"com ele, vá ao Aerofolia.
    Bons vôs,
    Vamos os falando,
    Abraço,
    Jorge de Canela RS.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Motores Enya no Brasileiro

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Jul 23 2017, 21:49