VCC ONLINE

Fórum Técnico dedicado ao Aeromodelismo VCC - VÔO CIRCULAR CONTROLADO. Também conhecido como Control Line ou U-Control.

   Stunt Hobby - Loja especializada em produtos para VCC. www.stunthobby.com
   Allen Modelismo - Kits e materiais para VCC www.allenmodelismo.com
NautiCurso - Kits, corte a laser, balsa etc. www.nauticurso.com.br
CremonHobby - "Kits VCC Cortados a Laser e Acessórios": www.cremonhobby.com

    Iniciando na escala F4B...

    Compartilhe
    avatar
    Beto escala
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Número de Mensagens : 155
    Idade : 52
    Data de inscrição : 11/10/2007

    Iniciando na escala F4B...

    Mensagem  Beto escala em Qua Dez 10 2008, 22:24

    Amigos,

    Eu sempre fui "criticado" sobre o fato de ter de ser mais atuante na escala, chamando as pessoas, levando modelos, etc...

    Sempre estive com meus modelos nas pistas, me coloquei á disposição de quem quer que fosse para ajudar, dar piruada, ir na minha casa conhecer minha baguncocina...

    Apesar disso, em meus mais de 15 anos de aeromodelismo (todos eles dedicados a escala), eu pude ver que as pessoas sempre se preocupam com o que dará o menor trabalho possível e com o maior retorno no menor tempo.

    Quando eu fui apresentado a este hobby, comecei logo com um Tucano da Aerobrás e o pior é que quebrou no primeiro vôo, pois quando eu comprei os materiais, me deram um cabo de 18 metros 018 e quando decolei, nem preciso dizer o que aconteceu...

    Então, dando início ao assunto do título - "Iniciando na escala F4B..." - o que eu sempre pensei é que devemos sim incentivar as modalidades, investir no aprendizado, mas se as pessoas não tiverem a mínima vontade de aprender, não ficará tijolo em pé.

    Quando iniciamos nossa caminhada nas pistas, somos logo focados a fazer algum tipo de acrobacia, looping, engoover, dorso... isso é bacana, é bonito sim, mas também deveríamos procurar apresentar todas as outras modalidades ao iniciante e esperar que ele amadurecesse sua opnião para que pudesse escolher o que realmente quer fazer.

    Eu conheço pessoas que já voam há algum tempo e nunca viram uma corrida, um combate, um team race e escala, apenas aqueles modelos que dizem que é escala, pois são oriundos de kits ou simplesmente apenas tem o perfil de um avião real.

    Seria bacana que as associações fizessem um tour com seus novos associados por todas as modalidades que ela praticar, deixando os respectivos "responsáveis" por elas á vontade com o manicaca, explicando e mostrando os "truques" e "manhas" da modalidade. Efetuando uma prova apenas como demonstração com as equipes disponíveis.

    Já escutei muita abobrinha sobre "...modelos escala de verdade..." afinal, o que são modelos escala de verdade? Os originais? Pois são escala 1:1... O resto, são modelos que os construtores se esmeram em deixar o mais próximo possível de um real.

    O motivo? É simples: se temos de diminuir um modelo para podermos "escalonar", teríamos também de fazer isso com o motor, hélice... seria possível? Poderia até ser, mas se o modelo seria controlável, eu não sei...

    Então quando você pensar em fazer um escala, pense que ele nada mais é do que a representação daquilo que você imaginou de um avião real, pois você pode projetar um modelo experimental que nunca foi construído e aí como achar documentação para comprovação?

    Comece pelos perfís dos aviões, depois vá se especializando nos detalhes mais marcantes. Você pode pegar seu avião perfilado e dar o feitio que quiser para deixá-lo parecido com um avião de guerra, quanto a asa, deixe para fazer uma diferente quando você for novamente construir um modelo novo.

    Apenas dois exemplos: em cima das dimensões do Falcão 20 eu fiz o meu Paul Defiant (já fazem mais de 10 anos que ele foi montado e em breve irá retornar ás pistas para voar de novo), em cima de um ciclone eu fiz o meu airacobra... viram o que a imaginação pode fazer?

    Qualquer dica, é só gritar...

    Abraços
    avatar
    Beto escala
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Número de Mensagens : 155
    Idade : 52
    Data de inscrição : 11/10/2007

    Re: Iniciando na escala F4B...

    Mensagem  Beto escala em Seg Dez 29 2008, 09:10

    Dando continuidade:

    Ao estarmos envolvidos com nosso modelos nas pistas, é normal ficarmos pensando em que parte poderíamos melhorar, em que ele está sendo "fraco", etc...

    Este tipo de pensamento é recorrente em toda e qualquer modalidade, podem estar certos disso, afinal quem é que vcs conhecem que podemos chamar de "impecável" em todas as etapas? Desenho, corte, montagem e pintura?

    Eu cometo vários erros de corte que depois vou acertando aos poucos sempre respeitando os desenhos das peças, ou seja, se errei no corte de uma nervura (desde que não afete o desenho final) eu a utilizo e depois a acerto com reparos pequenos e dou uma desenhada com o original em cima e tiro o excesso com lixa...

    Esses erros acontecem por vários motivos, mas com certeza o principal é a famosa pressa, rs, rs, rs...

    Enquanto o modelo está ainda no esqueleto, sem forma definida, as mãos andam suaves, mas quando ele começa a tomar feitio, aí sim, eu quase tenho de amarrar as mãos, pois a vontade de terminar logo e voar é GRANDE!!!! E não me importo muito com o efeito "PERFECT"...

    Hoje eu tenho na bancada em fase de término um Super Chipmunk, faltando apenas pintar e detalhar, uma Mig 29 desenhada por mim em cima de uma asa de um amigo meu (Simão) que me permite colocar o motor no meio dela, o meu Yakão (que está parado por falta de verba, afinal eu preciso comprar um sistema retrátil, outra perna da Robart, alguns servos, etc, etc...) além de mais alguns na fila de reformas...

    Então pensem o seguinte: como devo fazer um escala? - Eu costumo sempre me utilizar de imagens de revistas +- especializadas, sites, etc... e aí eu pego aqueles detalhes externos e procuro representá-los o máximo possível em relevo mesmo, sem pintar, pois em relevo chamam muito a atenção...

    Eu já escutei que colocar arrebites em aeromodelos afetam o vôo pois causam arrastro, que imitar as ranhuras de chapeamento podem trazer problemas de estrutura, etc...

    Por isso, você que quer fazer um, digamos escala, deveria começar com um perfilado qualquer e tascar os dedos nos detalhes externos, cabine, antenas, escapamentos, arrebites, ou outra coisa qualquer, seja em que modelo for; um Monitor, um Manicaca, um Shark, até um Falcão 20, um Playboy, apenas procure aprender que o efeito visual é o mais importante em primeiro lugar.

    Na minha opnião, não existe nada mais bonito do que aquele perfil de um avião real voando, então pegue seu modelinho perfilado e imagine um caça qualquer, não se preocupe no momento com o feitio da asa, apenas com o da fuselagem e mande aquela pintura linda do caça que vc escolheu, e assim, vc vai começando a pegar o gostinho e quem sabe, daqui a alguns anos tenhamos outro "Piloto Revéu" nas pistas...

    Continuarei o papo depois, com algumas dicas de arrebites

      Data/hora atual: Sex Nov 24 2017, 13:52