VCC ONLINE

Fórum Técnico dedicado ao Aeromodelismo VCC - VÔO CIRCULAR CONTROLADO. Também conhecido como Control Line ou U-Control.

   Stunt Hobby - Loja especializada em produtos para VCC. www.stunthobby.com
   Allen Modelismo - Kits e materiais para VCC www.allenmodelismo.com
NautiCurso - Kits, corte a laser, balsa etc. www.nauticurso.com.br
CremonHobby - "Kits VCC Cortados a Laser e Acessórios": www.cremonhobby.com

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Compartilhe
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Seg Jun 24 2013, 21:09

    Amigos;

    Estou de volta, com mais dúvidas!!! Como narrado em outros tópicos, estou retornando ao VCC e tentando aprender a fazer manobras para um dia competir na MINI-FAI (se cuida Marcão)! Já tenho um monte de modelos VCC (Pathfinder, Score, Nobler, Legacy ...) porém falta braço e conhecimento para todos eles. Aí é que entram os amigos para ajudar... Smile

    Bem, vamos lá! Vou tomar de exemplo o PATHFINDER com O.S. 46LA-S que estou mais voando, para "aprender" a fazer manobras. Nos últimos voos que dei, substituí a hélice MASTER 11x6 que usei para amaciar e primeiros voos, por uma MASTER 12x4 e depois uma APC 12,25x3,75. Quando estada voando com a 11x6, o avião estava rapidão e puxava muito os cabos. Como gosto de voos mais lentos e preferencialmente 4-2-4, optei por testar hélices maiores. Como o amigo Nando já me falou em outro tópico, devemos considerar diâmetro e passo. Aumento um diminui o outro e vice e versa!

    Na prática, sem cronometrar o tempo das voltas, notei que ao mudar para as hélices maiores, o avião baixou a velocidade ficando bem mais agradável de pilotar, porém os cabos começaram a afrouxar demais, principalmente nas manobras altas. Estas hélices maiores dão mais força para subir, mas o avião fica "bobo" nos comandos.

    PERGUNTO:  O que devo fazer para ter uma velocidade mais baixa e não perder a tensão ideal nos cabos!!?? A tensão nos cabos está diretamente ligada à velocidade do modelo (força centrifuga)? Quais a primeiras mudanças e mais fáceis que devo fazer!!??

    Sei que o VCC é cheio de macetes e regulagens! Então, preciso da ajuda dos amigos para saber o que devo mudar e por onde começar! Aguardo as sugestões de todos, ansioso para obter bons resultados! bounce

    Abraço à todos;

    ALEXANDRE TAPXURE
    avatar
    Nandoflb
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 400
    Idade : 36
    Data de inscrição : 23/01/2012

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Nandoflb em Seg Jun 24 2013, 22:47

    Alexandre , vou meter o bedelho novamente na conversa!!!

    Trimagem e ajuste para acertar um 4x2x4 perfeito é um assunto muito longo, as vezes de dificil compreensão, e várias vezes oculto e guardado dentro de um baú, a sete chaves e enterrado em uma ilha isolada lá no outro lado do planeta.. Mas vamos tentar ajudar.. 

    Vamos começar pelo tanque, o tanque certo faz a brincadeira ficar muito melhor.. com o Meu ST 51 bati cabeça com um tanque da Brodak , depois com tanque R/C em várias configurações diferentes até que me falaram do dito tanque do Mazzarino, Não vou fazer propaganda(teria muito para falar do tanque dele, mas não negociei o "jabá" ainda com o Mazza!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk)  Nunca mais tive problema..  Então.. se o teu tanque não está bem preparado o stunt não rola legal!!!

    A Hélice.. Alexandre hélice sim é longo o assunto.. para acertar o motor, vc precisaria testar vários modelos com passos diferentes, modelos diferentes de largura, material diferente, só assim poderá chegar num acerto ideal para seu estilo de voo.. ou usar como base algum outro colega que usa o mesmo setup..   mas ja podemos te ajudar com alguma coisa.. tipo.. se o modelo voa muito rapido mesmo estando stunt.. reduza o passo 11x6 para 11x5,5 ou 11x5 ou por uma 12x5 ou 12x4!!! essa regulagem de hélice vai te ajudar a acertar a rotação do motor com o stunt e ainda sim lhe dar tração.. se o stunt ficou bom e o vc sente o modelo muito frouxo, uma opção seria reduzir o tamanho do cabo.

    Além disso o carburador no venturi fica muito melhor que no carter!!! esse seria ideal de modificar!!

    Também tem o combustivel, se não for preparado para voar vcc não rola stunt nem a pau!!!

    Sobre ele ficar afrouxando o comando nas manobras altas, pode ser corrigido de algumas maneiras.. angulo do motor, peso na asa  e ajuste do Lead-out um pouco para frente, mas precisa ir fazendo testes de 2 em 2mm até ficar bom em todas as alturas!

    Porém esse ajuste pode lhe fazer perder um pouco de tração no voo nivelado.. por isso precisa de muito ajuste!!!

    Particularmente não usaria uma helice APC no LA46!!! A APC faz os Enyas virarem um conjunto matador, mas para stunt  do OS LA 46 ela não é boa!! nem rende bem.. experiencia propria.. 

    é isso que me deixa fixado no VCC.. é muita coisa para ajustar e chegar a um conjunto perfeito.. e no meio do tempo vc vai aprendendo muito!!!

    Espero ter começado a ajudar.. caso não consegui.. pelo menor enrolei umas minhoquinhas!!kkkkkkkkkk

    Abraço

    Nando
    avatar
    betocastrucci
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1040
    Idade : 54
    Data de inscrição : 01/11/2008

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  betocastrucci em Seg Jun 24 2013, 22:51

    Vou tentar falar de hélice primeiro. Toda hélice gera um esforço no motor (e um empuxo) proporcional ao seu diâmetro ao cubo, à rotação ao quadrado e ao passo. Então para manter o mesmo esforço no motor se aumentamos o diâmetro, devemos diminuir o passo ou a rotação, e assim com qualquer das variáveis. Para uma mesma rotação, passo maior significa maior velocidade, diâmetro maior significa maior empuxo. Comparando com um automovel, poderíamos dizer que hélices com grande diâmetro e passo baixo seriam as marchas mais baixas e as de menor diâmetro com passo alto seriam as marchas mais altas.
    Todo aeroplano tem uma velocidade mínima de voo (velocidade de estol) que abaixo dessa velocidade não consegue voar. Esta velocidade de estol é determinada pelo desenho das superfícies (perfil), área da asa e peso. Para um modelo de acrobacia vcc, o que se deseja é a menor velocidade possível para facilitar a pilotagem (sem ficar tonto) e tornar o voo mais bonito. Então tende-se a usar hélices de passo mais baixo compensando o empuxo no diâmetro, como se andassemos em primeira ou segunda marcha num veículo. Este passo é limitado pela velocidade de estol.
    avatar
    Nandoflb
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 400
    Idade : 36
    Data de inscrição : 23/01/2012

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Nandoflb em Seg Jun 24 2013, 22:52

    Olha só o que o Yuriy Yatsenko fala sobre as hélices.. 50% do modelo!! Eu não acho que chega a tanto.. mas fica acima dos 40% com certeza!!



    Propeller is the main part of the model. It transfers the engine power to the model moving. It is in Team Racing and Speed, Combat models. The efficiency is the main characteristic for it. In aerobatic it creates not only the thrust. It must keep the model speed constant, in any weather conditions. That is why the aerobatic propeller is more complex. It has extra properties, like creating the back thrust when the model speed accelerates. 
    There is need to endow the efficiency to have some of these extra properties. The balance between the maximum possible efficiency together with another required capacities creates the perfect prop. The material of the prop, the diameter for this kind of the engine, pitch (constant or progressive), weight, rigidity, moment, thickness of the blade, airfoil, configuration. Changing just one parameter from this showed line, you can change totally the feeling of the model flight. So, successful prop it is 50 % of model success. Propeller is impossible to calculate. It is just the experience and the experiments. 

    My experience tells me that the best prop material is the wood of average hardness. It creates required rigidity, weight and moment. It was my experience to create the carbon props. It was the copy of the wooden prop, but it lost its advantages. Stability geometry from the mould was the single plus of this prop. More weight of the prop increases its moment, during the model turning it creates gyroscopic moment, that tries to turn the model around the fuselage axis, wing axis, vertical axis together. It explains, why symmetrically made model doesn’t fly symmetrically. We feel this on normal and inverted figures. Loosing the lines tension on some points of figures, especially on sharp corners, it is usually the gyroscopic moment action. You can do the experiment that will give you the possibility to feel the action of the prop moment to the model. For this you must get the bicycle wheel by the axis by 2 hands (both sides), ask somebody to rotate it to enough high RPM, then try to turn it to 90 deg. for example, even not very fast for the first time. I am sure, you will be very impressed. Try to turn the wheel to both sides. You will understand, why on normal and inverted figures the moment action to the model varies. More RPM with more prop weight, more sharp turning - more action. 

    The only way, that was found by myself to have stable result of the quality props production, is to create the wooden prop on CNC milling machine, with the following hand finishing and painting. It gives stable result, if you change one prop to another. To have this stability if you have hand made props is very difficult, just not visible geometry distinctions give various feeling of the model flight. And if you fly one prop for a long time, after this prop changing (for example, if it was broken), you will lose the advantage of a lot of training, because the model changes its reaction. At the competition it is a tragedy, you lose the result, because you have no time for the new model reaction studying. 
    I produce CNC made props, it gives me the possibility to change the prop capacities very easily, just to correct 3D model (pitch, its progress, airfoil, etc). That is why it is very easy to create the modifications of one prop. Thanks to many experiments the most perfect combination of capacities was found. Constant pitch has the best efficiency. But to fly constant speed with this prop, you must have a perfect engine, that “feels” the speed change and changes its RPM according to acceleration accordingly. That is why more often used props are props with the progressive pitch (less to the tip), that together with the engine and trimmed fueling system create constant speed flight. Better to have a universal prop, when you change the regulation for various weather conditions by the needle regulation only. Because if you change the prop for another wind, you change the model reaction to your handle moving. It is like another model, difficult to fly rapidly and correctly on another model.

    2-blade prop is more universal and it is more easy to repeat it. Some sportsmen use 3- blade, not often, 4- blade props. Increasing the quantity of blades improve the possibility of the prop to struggle with the model acceleration. But it is need to reduce the prop diameter for the same engine. However, the prop of smaller diameter does the model more soft in control. Plus it increases the gyroscopic moment of the prop. Because it is heavier. Also, many blade props need to very thin engine RPM diapason of regulation. The small mistake of it to both sides does the correct model flight impossible.
    2- blade prop forgives more wide diapason mistake.


    Yuriy Yatsenko


    Abraço  Nando
    avatar
    Nandoflb
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 400
    Idade : 36
    Data de inscrição : 23/01/2012

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Nandoflb em Seg Jun 24 2013, 23:00

    só para adendo de informação  a relação de RPM  vs Passo..   Stalker 76 RE usa-se hélices 13 /14x7~7,5 e RPM entre 6800~7000
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Seg Jun 24 2013, 23:33

    Ola Tapxure,

    ixxi voce criou 2 tópicos. 


    para voar lento e com cabos esticados exige muito torque!

    Sugiro esquecer 4-2-4 e usar APC 12x4 com motor em 2-2-2. Se der falta em cima aumente  venturi e se estiver usando defletor de escape pode tirar. Não estou bem certo disso, mas pode ser que o muffler tenha um abafador interno, tira fora se tiver.

    Em que posição estão os cabos de saída da asa?

    Observe as rodinhas do modelo para ver se  esta voando com com nariz apontado para fora ou para dentro. O ideal é que as rodas fiquem alinhadas, ou seja modelo sempre na tangente.

    O que estica os cabos é a força Centrípeta, proporcional a velocidade e a massa.

    Quanto peso tem na ponta da asa? Sugiro começar com 40g inicialmente e depois vai ajustando o peso. 
    Onde esta o CG?

    O Leme deve estar reto, ou melhor um tiquinho só inclinado para ter certeza que não esta virando para dentro.

    O cabo deve estar entre 18.5 e 19m e voltas na casa de 5.3s

    Abraço,

    Martin
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Ter Jun 25 2013, 16:00

    Alexandre,

    Não fique encanado com seu tanque. Esse tanque é exatamente igual ao que uso desde 2006 no meu Pathfinder, e funciona perfeitamente tanto em 4-2-4 quando 2-2-2.

    A maioria dos Americanos usam esse tanque, que é o padrão Uniflow para Stunt, não fica melhor que isso. 

    Pode ficar tranquilo que não precisa gastar mais grana trocando esse tanque, que alias é bem mais resistente também.

    Martin
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Ter Jun 25 2013, 19:25

    JESUS!!!! Tô meio tonto, com tanta informação!!!

    Pera aí galera, que o TICO e o TECO estão dando tilt!!! Very Happy

    Beto, Nando e Martin; vou ler bem devagar as preciosas informações/sugestões e respondo vocês! Com certeza, tenho muito o que trabalhar nos meus modelos!!! Valeu pela força, moçada.

    Abraços a todos e até mais.

    ALEXANDRE TAPXURE
    avatar
    Alexandre Margonar
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1446
    Idade : 55
    Comentários : Só quem voa, entende porque os pássaros cantam
    Data de inscrição : 04/07/2010

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Alexandre Margonar em Ter Jun 25 2013, 19:32

    Nossa chara, seu tópico está em alto nível! Só tem fera passando informação, e eu que não sou bobo só aprendendo com isso.
     

    Valeu pessoal, seguindo.
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Ter Jun 25 2013, 19:59

    Nandoflb escreveu:Nando;  vou responder usando sua mensagem!!!

    Trimagem e ajuste para acertar um 4x2x4 perfeito é um assunto muito longo, as vezes de dificil compreensão, e várias vezes oculto e guardado dentro de um baú, a sete chaves e enterrado em uma ilha isolada lá no outro lado do planeta.. Mas vamos tentar ajudar.. 

    R:  Beleza! Me arruma a cópia da chave e faz um mapa da ILHA DO TESOURO!!! Hehehehe

    Vamos começar pelo tanque, o tanque certo faz a brincadeira ficar muito melhor.. com o Meu ST 51 bati cabeça com um tanque da Brodak , depois com tanque R/C em várias configurações diferentes até que me falaram do dito tanque do Mazzarino, Não vou fazer propaganda(teria muito para falar do tanque dele, mas não negociei o "jabá" ainda com o Mazza!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk)  Nunca mais tive problema..  Então.. se o teu tanque não está bem preparado o stunt não rola legal!!!

    R:   OK! Este é o primeiro tanque importado que uso, comprado avulso. Deve ser bom!!! Acho que o problema não é nele! Mas, me passa o site ou telefone do MAZZARINO!!!

    A Hélice.. Alexandre hélice sim é longo o assunto.. para acertar o motor, vc precisaria testar vários modelos com passos diferentes, modelos diferentes de largura, material diferente, só assim poderá chegar num acerto ideal para seu estilo de voo.. ou usar como base algum outro colega que usa o mesmo setup..   mas ja podemos te ajudar com alguma coisa.. tipo.. se o modelo voa muito rapido mesmo estando stunt.. reduza o passo 11x6 para 11x5,5 ou 11x5 ou por uma 12x5 ou 12x4!!! essa regulagem de hélice vai te ajudar a acertar a rotação do motor com o stunt e ainda sim lhe dar tração.. se o stunt ficou bom e o vc sente o modelo muito frouxo, uma opção seria reduzir o tamanho do cabo.

    R:   Tenho vários modelos e medidas de hélices!  Vou testá-las com mais calma, fazendo as modificações necessárias no motor e avião. 

    Além disso o carburador no venturi fica muito melhor que no carter!!! esse seria ideal de modificar!!

    R:   Com certeza vou mudar!  A agulha do O.S. 40FP serve neste motor? Qual a melhor opção!!??

    Também tem o combustivel, se não for preparado para voar vcc não rola stunt nem a pau!!!

    R:   Este que estou usando (POWERMASTER) é famosíssimo! O pessoal que importa ele, não traz para VCC. Estou usando ele com mais rícino (20% total) em outros motores, que estão dando stunt sem problemas!!!

    Sobre ele ficar afrouxando o comando nas manobras altas, pode ser corrigido de algumas maneiras.. angulo do motor, peso na asa  e ajuste do Lead-out um pouco para frente, mas precisa ir fazendo testes de 2 em 2mm até ficar bom em todas as alturas! Porém esse ajuste pode lhe fazer perder um pouco de tração no voo nivelado.. por isso precisa de muito ajuste!!!

    R:   OK! Vou começar a fazer as alterações e testes!!!

    Particularmente não usaria uma helice APC no LA46!!! A APC faz os Enyas virarem um conjunto matador, mas para stunt  do OS LA 46 ela não é boa!! nem rende bem.. experiencia própria...  é isso que me deixa fixado no VCC.. é muita coisa para ajustar e chegar a um conjunto perfeito.. e no meio do tempo vc vai aprendendo muito!!!

    R:   Vou usar outras hélices e .... Tem razão!!! Nunca vi uma modalidade tão dinâmica quanto ao VCC!!! Dá dor de cabeça, mas é apaixonante!!!

    Espero ter começado a ajudar.. caso não consegui.. pelo menor enrolei umas minhoquinhas!!kkkkkkkkkk

    R:   Ajudou demais e fico muito agradecido pela sua ajuda!!!

    Abraços

    ALEXANDRE TAPXURE
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Ter Jun 25 2013, 20:18

    Martin;    Vou responder na sua própria mensagem!!!

    Para voar lento e com cabos esticados exige muito torque! Sugiro esquecer 4-2-4 e usar APC 12x4 com motor em 2-2-2. Se der falta em cima aumente venturi e se estiver usando defletor de escape pode tirar. Não estou bem certo disso, mas pode ser que o muffler tenha um abafador interno, tira fora se tiver.

    R:   Vamos então ficar com o 2-2-2! Vou fazer os testes novamente, com hélice de madeira 12x4 e a APC 12,25x3,75. Depois informo os resultados! Tenho uma agulha completa do FP40. Serve no LA 46!!?? Estou voando sem defletor e já tirei o abafador de dentro do escape!

    Em que posição estão os cabos de saída da asa?

    R:   Mais ou menos no meio da regulagem oferecida. Vou alterar para frente para aumentar a tração em cima!

    Observe as rodinhas do modelo para ver se  esta voando com com nariz apontado para fora ou para dentro. O ideal é que as rodas fiquem alinhadas, ou seja modelo sempre na tangente. O que estica os cabos é a força Centrípeta, proporcional a velocidade e a massa.

    R:   Você diz as rodas traseiras!!??  O ideal não é ver a de fora um pouco para trás que a de dentro (nariz para fora)!!?? Força CENTRIFUGA não é que tente a jogar para fora o modelo!!?? Centrípeta não é o oposto (para dentro)!!??

    Quanto peso tem na ponta da asa? Sugiro começar com 40g inicialmente e depois vai ajustando o peso. Onde esta o CG? O Leme deve estar reto, ou melhor um tiquinho só inclinado para ter certeza que não esta virando para dentro. O cabo deve estar entre 18.5 e 19m e voltas na casa de 5.3s!

    R:   Estava com 40g no começo. Tirei, pois a asa de fora estava caída demais. Deixei com 30g e depois descobri que os flaps e parte fixa externas dos flaps estavam empenados e desalinhados. Já corrigi e ficou bom! O CG está onde o manual indica. O leme está um pouco inclinado para fora. O cabo este com 18,5m e depois cronometro o tempo! Estou achando ele meio manso (lento) de comando. Regulo para o profundor mexer mais ou recuo o CG!!??

    Abraços e Muito Obrigado!

    ALEXANDRE TAPXURE
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Ter Jun 25 2013, 20:20

    Alexandre Margonar escreveu:Nossa chara, seu tópico está em alto nível! Só tem fera passando informação, e eu que não sou bobo só aprendendo com isso.
     

    Valeu pessoal, seguindo.

    Olá Xará!!!

    Pois é; viu só!!! Que turma boa e unida!  Pode dar sua opinião também! Tenho muuuuuito à aprender!

    Abraços;

    Xará Tapxure
    avatar
    Daniel Battistini
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 149
    Idade : 43
    Data de inscrição : 29/11/2010

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Daniel Battistini em Ter Jun 25 2013, 20:50

    EXATAMENTE POR ISSO O VCC É FANTÁSTICO.... ABAIXO MEU PITACO...

    Alexandre...

    Vou tentar dar a minha ajuda também...

    Temos, eu e meu filho pathfinder ARF com OS 46 LA... já testei muitas opções de hélice e ele funciona bem em varias configurações... inclusive outros motores tb....

    Tudo depende do seu gosto e objetivo... voar stunt com hélice 11 x 6 ou 11,5 x 6 pode ser uma questão de prazer, voar em giros mais altos com helices de menor passo como 11 x 4 ou 12,25 x 3,75 ou 11,5 x 4 pode ser uma questão de performance....

    Não há dúvida que voar stunt 4-2-4 aguça nossos sentidos, como também não há dúvidas que o cabo se mantém mais esticado com setup's  2-2-2...

    Em 2011 disputei todas as provas possíveis na categoria Mini-Fai, culminando com o título de Campeão Brasileiro voando Stunt 4-2-4, porém as provas que não ganhei foram vencidas por um grande amigo chamado Mario Verol... que voava com o mesmo motor Enya 50SS em regime de 2-2-2... sem dúvida em dias de vento ele levava uma grande vantagem... porém... ao meu ver os juízes gostam mais de voos stunt... 4-2-4....
    Obs... fui campeão brasileiro voando com o mesmo motor Enya 50SS ... idêntico ao do Verol... porém com uma configuração completamente diferente... eu usei hélice 12,5 x 5,5 decolando com 8900 RPMs... enquanto ele usava hélice 10,75 ou 11 x 4.... decolando a mais de 11.800 RPMs

    Qual a melhor configuração? Amigo Alexandre... depende daquilo que vc quer voar...   pode voar bem e ter prazer em qualquer configuração que se queira... você decide....

    quer voar 2-2-2... hélice de 10 a 12 e passo 3,75 ou 4
    quer voar 4-2-4... hélice de 10,5 a 11,5 com passo 5, 5,5 ou 6... mais que isso o OS LA 46 poderá sofrer demais com a hélice....

    essas configurações dependem de muitos fatores... entre eles peso do modelo, abertura de venture, combustível, gosto pessoal, entre outras

    EU USO 11 X 5 OU 11 X 6 MADEIRA... DEPENDENDO DO VENTO E DO PILOTO... EU PREFIRO 11 X 5 E MEU FILHO PREFERE 11 X 6......
     LEMBRO... ISSO NÃO QUER DIZER QUE ESTÁ CERTO OU ERRADO... É APENAS MINHA OPÇÕES DE USO...

    espero ter ajudado... grande abraço... boa sorte e bons voos

    Daniel Battistini
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Ter Jun 25 2013, 21:06

    Olá Daniel;

    Grato pela sua valiosa ajuda. Vou responder esta mensagem também no outro tópico que criei, sobre STUNT NO O.S. 46LA.

    Suas dicas são muito boas e detalhadas. Vou mudar a agulha original do 46LA para ajudar a obter um bom e seguro STUNT (4-2-4),
    seguindo as recomendações de hélice que me passou. Depois vou testar as hélices maiores (12") com a regulagem do motor em
    2-2-2. Vou ver com qual me adapto melhor e informo vocês!

    Abraços;

    ALEXANDRE TAPXURE
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Ter Jun 25 2013, 21:19

    Nandoflb escreveu:só para adendo de informação  a relação de RPM  vs Passo..   Stalker 76 RE usa-se hélices 13 /14x7~7,5 e RPM entre 6800~7000

    Nando;

    Realmente, este motor roda numa rotação muito baixa ( e com uma baita hélice). Isso deve gerar um tremendo torque e deixar a velocidade
    bem baixa, com um tremendo 4-2-4!!!

    Mudando um pouquinho o assunto, você ou alguém já vou esta marca STALKER!!?? Vi que tem dele lá no Martin e que além do visual diferente,
    ele tem o preço bem diferenciado também!!! Vale a pena!? É bem mais forte que os ENYAs, EVOLUTIONs ... e outros afora!!??

    Alexandre Tapxure
    avatar
    Nandoflb
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 400
    Idade : 36
    Data de inscrição : 23/01/2012

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Nandoflb em Ter Jun 25 2013, 21:52

    Alexandre, eu não sou o cara mais certo para falar dos stalker's até porque ainda estou no sonho.. não tenho um!!

    Mas temos colegas como o Renato Broiss e o RAinner que estão usando o motor!!

    O Rainner numa conversa confidenciou que está muito satisfeito com o motor!! é Stuntzão.. Maravilhoso o som deles!!! Vî ele voando no Aerofolia deste ano e literalmente babei!!!

    O  Renato ainda estava amaciando!!!

    A concepção deles é muito parecida com a dos Discovery dos irmãos Yatsenko.. Se servir como base, estes motores são usados atualmente pelo Bene Rodrigues e Rogério Alves!!!

    No que vemos atualmente, temos  os PA, RO Jett,  Discovery, Stalker e Enya  ( sem ordem de qual é o melhor) como as melhores marcas de motores para competição padrão FAI!! 

    abraço

    Nando
    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Qua Jun 26 2013, 09:50

    Bom Dia Nando;

    Bom saber!!!! Quem sabe compro um .... pra guardar!!! LaughingLaughing
    Se tem um coisa que adoro,  são motores de aeromodelos em geral!!!

    Vou dividir em 20 pagamentos na Casa Bahia, ... quer dizer STUNT HOBBY!!!! Tem que pegar o Martin num dia bom!!!

    Abraços;

    Alexandre Tapxure
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Qua Jun 26 2013, 11:12

    Respostas em Azul

    Em que posição estão os cabos de saída da asa?

    R:   Mais ou menos no meio da regulagem oferecida. Vou alterar para frente para aumentar a tração em cima!

    Observe as rodinhas do modelo para ver se  esta voando com com nariz apontado para fora ou para dentro. O ideal é que as rodas fiquem alinhadas, ou seja modelo sempre na tangente. O que estica os cabos é a força Centrípeta, proporcional a velocidade e a massa.

    R:   Você diz as rodas traseiras!!??  O ideal não é ver a de fora um pouco para trás que a de dentro (nariz para fora)!!?? Força CENTRIFUGA não é que tente a jogar para fora o modelo!!?? Centrípeta não é o oposto (para dentro)!!??


    M: Antes de mexer na saída de cabo observe a posição das rodinhas (as de trás claro) Não queremos o avião voando com nariz para fora, assim voce estaria jogando fora energia do motor para manter velocidade, e o que estica cabos é a velocidade, não use motor para esticar cabo, use a velocidade! Isso é muito importante voce entender, se a velocidade for mantida o cabo mantem esticado. Quando dá falta de tensão no cabo é que o motor não teve Torque para manter velocidade. O OS 46LA não é um motor tão forte como talvez pense, é bem mais fraco que outros motores por que vem capado de fabrica sem a 3a porta de admissão, um Enya SS40 por exemplo é bem mais forte.
    Força Centripeta x Centrifuga, depende com quem voce for conversar, a maioria dos Físicos ensinam que não existe Forca Centrifuga, só força Centripeta. Mas essa discussão teria que ser levada para um forum onde se discute de Fisica e as leis fundamentais da Dinamica. Se descobrir a formula para calcular a força centrifuga me avisa, eu só sei calcular Força Centripeta FC= Mx(V^2/R)


    Quanto peso tem na ponta da asa? Sugiro começar com 40g inicialmente e depois vai ajustando o peso. Onde esta o CG? O Leme deve estar reto, ou melhor um tiquinho só inclinado para ter certeza que não esta virando para dentro. O cabo deve estar entre 18.5 e 19m e voltas na casa de 5.3s!

    R:   Estava com 40g no começo. Tirei, pois a asa de fora estava caída demais. Deixei com 30g e depois descobri que os flaps e parte fixa externas dos flaps estavam empenados e desalinhados. Já corrigi e ficou bom! O CG está onde o manual indica. O leme está um pouco inclinado para fora. O cabo este com 18,5m e depois cronometro o tempo! Estou achando ele meio manso (lento) de comando. Regulo para o profundor mexer mais ou recuo o CG!!??

    M: Recomendo voce selar o vão entre o flap e asa, e entre o profundor e estabilizador. Recomendo usar fita adesiva da 3M que vem numa embalgem vermelha de 19.5mm de espessura. Vedando esse vão no estabilizador o modelo vai ficar bem mais sensivel e eficiente. Os comandos tem que estar ligado como esta no manual. NO Horn do Flap a posição mais alta deve estar ligado a haste que vai para o Balancim e no furo do meio para o profundor, e no profundor no furo do meio. Se mesmo assim estiver lento, voce tem que ajustar sua manete para que os cabos fiquem mais separados.

    Abraço
    Martin
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Qua Jun 26 2013, 11:15

    ooopsss correção.

    Fita da 3M de 19.5mm de largura

    Martin

    avatar
    TAPXURE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1735
    Idade : 53
    Data de inscrição : 19/08/2012

    Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  TAPXURE em Qua Jun 26 2013, 11:59

    OK Martin!!! Muito Bom!!!   Então...

    1)   Vou checar o "visual" das rodas antes de mexer no posicionamento dos cabos!

    2)   O quanto o ENYA SS45 (anel) tem a mais de força que o SS40 (ferro)? Com uma mesma hélice, por exemplo 11x5 ou 11x6, quanto um gira
    a mais que o outro!!??

    3)   Fiz as ligações corretamente nos horns. Vou usar a fita 3M que indica e abrir a regulagem na manete!

    Abraços;

    ALEXANDRE TAPXURE
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Qua Jun 26 2013, 12:30

    Alexandre,

    Os motores Stalker são maravilhosos. Mas em termos de Força Bruta, nada bate um Enya. Quem já segurou os meus modelos para me ajudar a soltar, sabe disso. O Enya é o Leão Chupando Manga!

    Não tem o que discutir, motor 2T em 2-2-2 em alto giro gera muito mais força que em baixo giro em 4-2-4.

    Para o Stalker funcionar em baixo giro e ter força tem que ter alta Cilindrada.

    Um 45 em alto giro empata ou pode até superar um 76 em baixo giro.

    O que atrai no Stalker é
    1 O ronco do motor que é super baixo e parece um 4T.
    2 Precisão de funcionamento 4-2-4
    3 Baixo Consumo
    4 Saida Traseira

    Unico problema do Stalker é que para funcionar direito precisa de uma hélice especifica feita na Russia que custa cara e é bem frágil.

    Para quem gosta de 4-2-4 o Stalker é o the Best. Os motores de fabricação em massa, Enya, OS, ST... não conseguem fazer um 4-2-4 tão perfeito e com regularidade.

    Martin




    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Qua Jun 26 2013, 12:42

    TAPXURE escreveu:OK Martin!!! Muito Bom!!!   Então...

    1)   Vou checar o "visual" das rodas antes de mexer no posicionamento dos cabos!

    2)   O quanto o ENYA SS45 (anel) tem a mais de força que o SS40 (ferro)? Com uma mesma hélice, por exemplo 11x5 ou 11x6, quanto um gira
    a mais que o outro!!??

    3)   Fiz as ligações corretamente nos horns. Vou usar a fita 3M que indica e abrir a regulagem na manete!

    Abraços;

    ALEXANDRE TAPXURE

    Ola Alexandre,

    O SS45 com anel tem essas vantagens em relação ao SS40:

    1- Menos tempo para amaciar. Roda 6 tanques e vai voar
    2- Vibra menos
    3- Bem mais leve
    4- Pouco mais forte
    5- Vem com agulha Enya Pro que tem mais precisão.

    Díficil dizer quanto mais forte é em termos de rpms

    Martin


    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Qua Jun 26 2013, 12:54

    quando for selar o vão do flap e do elevador a fita tem que acompanhar as superfícies como nessa foto.



    Isso parece ser uma bobagem, mas melhora muito a resposta de comando.

    Abraço,

    Martin
    avatar
    Alexandre Margonar
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 1446
    Idade : 55
    Comentários : Só quem voa, entende porque os pássaros cantam
    Data de inscrição : 04/07/2010

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Alexandre Margonar em Qua Jun 26 2013, 21:21


    Martin, muito legal esta sua dica de selar as superfícies de comando, já havia pensado nisso, mas não da forma que você mostrou.
    É possível informar o tipo de fita 3M, PN ou modelo?
    Obrigado
    avatar
    martin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Número de Mensagens : 765
    Idade : 58
    Data de inscrição : 09/10/2007

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  martin em Qui Jun 27 2013, 01:01

    Ola Alexandre,

    Comprei um pacote com 12 fitas na Kalunga a tempos atrás, até dei uma para o Marcus e outros colegas, mas agora fui ver para comprar que as minhas estão acabando e pelo jeito não tem mais aqui no Brasil. Não achei no site da 3M/Scotch nem na Kalunga.

    Vou procurar se achar onde tem eu posto aqui.

    Essa fita tem varias propriedades que eu gosto para esse trabalho. Não solta com combustivel, é fina e resistente para aguentar o vai e vem dos comandos, e quando preciso tirar ela sai sem deixar cola no modelo.

    Bom ter isso na caixa de campo também, muito bom para reparar acidentes com filme termo adesivo.

    Martin

    Conteúdo patrocinado

    Re: Velocidade vs Tensão nos Cabos

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Set 26 2017, 17:09